CST Online

Aceitação dos Termos de Uso

Ao utilizar, visitar ou navegar por nosso site, você aceita, sem limitação ou qualificação, estes Termos de Uso e concorda, sem limitação, com os termos de nossa Política de Privacidade. A aceitação destes Termos de Uso constitui um acordo legal entre você e o Centro de Solidariedade ao Trabalhador.

Alterações nos Termos de Uso

O Centro de Solidariedade ao Trabalhador pode, em qualquer momento, revisar estes Termos de Uso. Você está vinculado a estas revisões e deve, portanto, visitar periodicamente esta página para tomar conhecimento dos Termos de Uso e condições em vigor naquele momento e aos quais você está vinculado.

Limitações de Utilização

Ao acessar nosso site você concorda em não fazer upload, colocar mensagens, enviar e-mail ou, de outra forma, enviar ou transmitir qualquer material que contenha vírus de computador ou qualquer outro código de computador, arquivos ou programas projetados para interromper, destruir ou limitar a funcionalidade de qualquer software ou hardware, bem como qualquer equipamento de telecomunicações associados com o site. Você também concorda em não interferir com os servidores ou redes conectadas ao site ou em violar quaisquer procedimentos, políticas ou regulamentos das redes conectadas ao site, cujos termos estão aqui incorporados. Você também concorda em não personificar qualquer outra pessoa enquanto estiver usando o site, conduzir-se de maneira não apropriada, ofensiva, indecente ou vulgar enquanto estiver usando nosso serviço, ou utilizá-lo para qualquer propósito ilegal. O Centro de Solidariedade ao Trabalhador reserva-se o direito de interromper o seu acesso ao site ou a qualquer de seus serviços se for determinado que você não esteja cumprindo com estes termos e condições; fornece informações falsas, não precisas ou incompletas durante nosso processo de registro; assume condutas que poderiam prejudicar quaisquer direitos ou interesses do Centro de Solidariedade em seu site, serviços ou outra propriedade; ou por qualquer razão que seja sem prévio aviso. Depois de cadastrado, não é possível excluir seu cadastro, apenas desativá-lo, por estar vinculado ao banco de dados do site.

Seleção de Candidatos

Ao pesquisar candidatos para a vaga, o empregador tem acesso aos currículos, podendo enviá-los para análise. Havendo o interesse, é necessário selecionar o candidato para visualizar seu telefone e email de contato. Desse modo, entende-se que houve o contato entre as partes e, portanto, pedimos que o empregador nos forneça um retorno de cada candidato selecionado, como aprovado ou reprovado. Na ausência desse retorno, a empresa permanecerá bloqueada em nosso sistema, sendo impedida de qualquer nova ação em nosso site até que nos seja fornecido um posicionamento a respeito dos candidatos selecionados.

Fica a critério da empresa consultar as demais informações do candidato, como documentação, atestado de antecedentes criminais, situação cadastral, comprovação de experiência profissional, entre outros.

Carta de aprovação

O Centro de Solidariedade ao Trabalhador irá transferir ao Ministério do Trabalho a contratação entre as partes (empresa e candidato). Com este propósito, o empregador deverá, em cada seleção, nos enviar a carta de aprovação, carimbada e assinada. Na ausência dessa carta de retorno, a empresa permanecerá bloqueada em nosso sistema, sendo impedida de qualquer nova ação em nosso site até que nos seja fornecido um posicionamento a respeito dos candidatos aprovados.

Monitoramento e Gerenciamento dos Conteúdos do site

O Centro de Solidariedade ao Trabalhador terá o direito, mas não a obrigação, de monitorar o conteúdo para determinar o cumprimento destes Termos de Uso e quaisquer outras regras operacionais estabelecidas, bem como determinar o cumprimento com as leis aplicáveis. O Centro de Solidariedade ao Trabalhador terá o direito, a seu único critério, de editar, recusar-se a colocar, bloquear acesso ou remover qualquer material enviado ou colocado no site.

Links

Alguns dos hyperlinks no site podem levar a sites de terceiros. Estes sites não são controlados pelo Centro de Solidariedade ao Trabalhador, nem são afiliados a ela. Além disso, outros sites podem ter links para nosso site. O Centro de Solidariedade ao Trabalhador não é responsável pelo conteúdo das políticas de privacidade destes sites de terceiros.

Propriedade Intelectual

Os elementos do site, incluindo, mas sem limitação, textos, gráficos, logotipos, pinturas, designs, fotografias, imagens, downloads digitais, compilações de dados, som, vídeo e software que sejam protegidos por direitos autorais, marcas registradas são propriedade do Centro de Solidariedade ao Trabalhador.

Uso das informações enviadas para o site

O Centro de Solidariedade ao Trabalhador está livre para utilizar quaisquer comentários, informações, ou dados pessoais contidos em qualquer comunicação que você possa enviar para o site. Em busca de melhor atendê-lo e ajudá-lo em sua colocação no mercado de trabalho, utilizamos também os recursos do site Mais Emprego, do Ministério do Trabalho. Com isso, seus dados cadastrais e curriculares também poderão ser migrados para o sistema do Mais Emprego, aumentando suas oportunidades de emprego. Qualquer informação enviada ao site do CST está sujeita à Política de Privacidade, cujos termos estão incorporados a este.